É teratogênica?

         Suspeita-se que seja um teratógeno restrito a uma parcela suscetível da população, que também está em risco para outros fatores sócio-demográficos ou genéticos, como o uso concomitante de outras drogas, desnutrição, fumo, suscetibilidades genéticas específicas, etc.

 

                                              Que defeitos causa?

       • Hipóxia fetal

       • Hemorragia intracerebral

       • Prematuridade

       • Diminuição do peso ao nascimento

       • Anomalias congênitas secundárias à disrupção vascular

       • Descolamento prematuro da placenta

 

                                      Qual seu mecanismo de ação?

       Mecanismos iniciados por vasoconstricção levam à trombose ou embolia vascular, deixando zonas fetais sem irrigação, que necrosam posteriormente. Estes defeitos de disrupção vascular variam segundo a região, podendo resultar em defeitos de fechamento da parede abdominal, defeitos por redução de membros, defeitos cerebrais, etc.

 

 

A cocaína pode levar à morte fetal devido ao descolamento prematuro da placenta.

 

        

Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ 
Estudo Colaborativo Latino Americano de Malformação Congenita - ECLAMC

Centro Colaborativo da Organização Mundial de Saúde para Prevenção de Malformações Congênitas

ECLAMC

Responsável pelo Disque Gestante: Prof.ª Dr.ª Ieda Orioli

Responsável pela página web: Dr. Daniel Mattos.